Políticas e normas

Foco e Escopo

A revista Komunikado publica artigos, ensaios, resenhas e entrevistas ligados ao campo da Comunicação Social, com foco em trabalhos relacionados a pesquisas acadêmicas resultantes de trabalhos de graduação e pós-graduação, apresentando-se como um espaço destinado a pesquisadores em formação. Pretende ser uma revista sintonizada com a pesquisa no campo da comunicação social feita no Norte do país, dedicada a dar visibilidade à produção acadêmica realizada nesse âmbito.

Políticas de Seção

Artigos e ensaios: seções destinadas a textos originais e inéditos escritos em forma de relatos de pesquisa, análises acadêmicas e reflexões sobre o campo da Comunicação Social. Os artigos e ensaios deverão ter de 10 a 15 páginas (ou de 25 mil a 35 mil caracteres, com espaços.).

Processo de Avaliação pelos Pares

A avaliação dos trabalhos submetidos à revista será feita em sistema duplo-cego (sem referência à autoria) por dois pareceristas, integrantes do corpo de revisores, ou, caso necessário, por consultores Ad-Hoc indicados pelo Editor da Revista. Todos os trabalhos submetidos à revista serão analisados e encaminhados ao processo de avaliação, conforme afinidade temática. O resultado das avaliações será comunicado aos autores por e-mail, indicando a aceitação, a recusa ou solicitando modificações no texto original. Nesse último caso, as mudanças estão sujeitas a nova avaliação por parte do corpo de pareceristas da revista. Após o aceite, o autor será comunicado por e-mail e o texto enviado para a diagramação da versão a ser publicada.

Periodicidade

Semestral

Política de Acesso Livre

A revista está sintonizada com os princípios de democratização do conhecimento e acesso gratuito ao saber científico e por isso oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo.

Formatação

Metadados da Submissão
1. Os dados referentes à autoria (nome, sobrenome, e-mail, instituição/afiliação, país, resumo da biografia, contribuidores e agências de fomento) e ao texto (resumo, palavras-chave, abstract, keywords, referências) deverão ser incluídos no portal em seção específica, o chamado “Metadados da Submissão”.

Cabeçalho
1. Título do trabalho em negrito, em português e em inglês, em fonte Times New Roman, tamanho 12.
2. Resumo (700 caracteres com espaço) e palavras-chave (de três a cinco), em fonte Times New Roman, tamanho 12, com iniciais minúsculas e separadas por ponto e vírgula.
3. Abstract (700 caracteres com espaço) e keywords (de três a cinco), em fonte Times New Roman, tamanho 12, com iniciais minúsculas e separadas por ponto e vírgula.
4. Esses itens também devem ser incluídos em “Metadados da Submissão”

Formatação do arquivo
Os trabalhos deverão observar as normas relativas às seções em que se enquadram.
– Artigos e ensaios: seções destinadas a textos originais e inéditos escritos em forma de relatos de pesquisa, análises acadêmicas e reflexões sobre o campo da Comunicação Social. Os artigos e ensaios deverão ter de 10 a 15 páginas (ou de 25 mil a 35 mil caracteres, com espaços.).
– Resenhas: seção destinada a análises críticas de livros e teses recentes do campo da comunicação. Deverão ter de 03 a 07 páginas (ou 7 mil a 16 mil caracteres, com espaços.).
– Entrevistas: seção destinada a entrevistas com pesquisadores, profissionais ou personalidades relacionadas ao campo científico ou profissional da comunicação social. Deverão ter de 03 a 07 páginas (ou 7 mil a 16 mil caracteres, com espaços.).

Os textos deverão ser submetidos da seguinte forma:
1. Arquivo em programa word (.doc ou .docx) ou compatível (.rtf).
2. Espaçamento 1,5, formato A4, fonte Times New Roman, tamanho 12.
3. Texto corrido, com recuo a cada parágrafo e sem espaço entre parágrafos.
4. Títulos e subtítulos devem ser destacados em negrito (com espaço antes deles), sem numeração.
5. Palavras em língua estrangeira ao idioma do artigo, com exceção do português, devem vir em itálico.
6. As citações devem ser traduzidas para o idioma do artigo sem necessidade de reproduzir em nota o original.
7. As regras para citação serão as seguintes:

– As citações no interior do texto que forem inferiores a 3 linhas deverão ser colocadas entre aspas com corpo normal. Ao final da citação, deverão ser indicadas entre parênteses o sobrenome do autor, o ano da publicação e a página correspondente da citação. Exemplo: (Souza, 2002, p.15);
– As citações acima de três linhas deverão obedecer ser deslocadas dois parágrafos e deverão ser digitadas em corpo 10, espaçamento simples e sem aspas e obedecer também à citação no formato (Souza, 2002, p.28), como no caso acima;
– As notas de rodapé devem ser utilizadas somente para comentários pertinentes ao desenvolvimento do texto. As indicações bibliográficas do texto serão colocadas no final do texto, em um tópico reservado especialmente para elas.

8. As referências bibliográficas serão colocadas no final do artigo, em corpo 12, seguindo as mesmas orientações de espaçamento do texto principal.

Ilustrações (fotografias, desenhos, figuras, quadros, gráficos e tabelas)
1. Devem estar no corpo do texto, com as devidas fontes de referência.
2. Títulos e legendas devem estar imediatamente abaixo das figuras e dos gráficos e imediatamente acima dos quadros e das tabelas. Todos deverão estar numerados consecutivamente, em arábico.
3. É de responsabilidade do autor obter e apresentar permissão para reproduzir imagens, ilustrações, tabelas, gráficos etc.

Notas de rodapé
1. Devem ser usadas somente para comentários, não para citações bibliográficas.
2. Devem ser digitadas na mesma página em fonte Times New Roman e tamanho 10.

Citações referenciais
1. Identificar as referências (em parênteses) no texto, colocando o sobrenome do autor (com todas as letras em maiúsculo), o ano e, quando necessário, a página.
Exemplos:
Um autor: (WENTH, 1998, p. 12); dois autores: (LAMARE; SOARES, 1990, p. 134-135); três ou mais autores: (HARRIS et al, 1998, p. 26).
2. As citações referenciais não vão em nota de rodapé, mas no corpo do texto, logo após o trecho citado. Exemplo: (KELSEN, 1979, p. 91).
3. Citações com mais de quatro linhas deverão vir em parágrafo específico, com recuo de 4 cm e tamanho 10, e espaçamento simples.
4. Não usar Idem ou Ibidem.

Referências Bibliográficas

Os trabalhos devem ser normalizados de acordo com as NBRs 6023 (referenciação bibliográfica) e 10520 (citação no corpo do texto) – de 2002 – da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).
Exemplos de formatos:
1. Livros:
NICHOLS, B. Speaking truths with film: evidence, ethics, politics in documentary. Berkeley: University of California Press, 2016.

CASTELLS, M. O poder da comunicação. São Paulo: Editora Paz e Terra, 2016.

  • Prenomes dos autores abreviados; maiúscula apenas na primeira letra do título; não utilizar prenomes em editoras, desde que isso não comprometa a identificação.
  • Subtítulo em minúscula e depois de dois pontos.

2. Capítulo de livro:
SIBILIA, P. “A digitalização da vida”. In. O homem pós-orgânico: a alquimia dos corpos e das almas à luz das tecnologias. Rio de Janeiro: Contraponto, 2015, p. 69-72.
3. Capítulo em livro com textos de vários autores:
BORDWELL, D. “Estudos de cinema hoje e as vicissitudes da grande teoria”. In. RAMOS, F. (org.). Teoria contemporânea do cinema, Vol I. São Paulo: Editora Senac, 2005, p. 25-70.
4. Artigos de jornal:
GIDDENS, A. “A Terceira Via em cinco dimensões”. Folha de S. Paulo, Caderno Mais!, 21 fev. 1999, p. 4.
5. Teses e dissertações:
BRASIL, A. Modulação/montagem: ensaio sobre biopolítica e experiência estética. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2008.
6. Artigos científicos:
FREIRE, M. “Jean Rouch e a ética do encontro”. Devires, Belo Horizonte, v.6, n.2, jul.-dez.2009.
7. Anais de congresso:
SORANZ, G. “Um filme sobre o quê? Reassemblage: o filme e o caderno de campo”. In: Anais XXIII Encontro Compós, 2014, Belém/PA. Anais eletrônicos. Brasil: Compós, 2014. Disponível em: <http://www.compos.org.br/biblioteca/gustavosoranzcompos2014_2225.pdf>. Acesso em: 21 de nov. 2016.

Referências Audiovisuais
1. Filmes:
1.1. No corpo do texto a referência deve incluir titulo do filme na língua original em itálico, tradução para o português entre parênteses, ano (entre parênteses), nome do diretor.
Exemplos:
O som ao redor (2012), de Kleber Mendonça Filho. The Revenant (O regresso, 2015), de Alejandro Gonzáles Iñarritú.
1.2. Nas referências filmográficas, videográficas, radiofônicas:
TÍTULO. Autor e indicação de responsabilidade relevantes (diretor, produtor, realizador, roteirista e outros). Coordenação (se houver). Local: Produtora e distribuidora, data. Descrição física com detalhes de número de unidades, duração em minutos, sonoro ou mudo, legendas ou de gravação. Série, se houver. Notas especiais.
Exemplos:
CÃO sem dono. Beto Brant, Brasil, 2006.
LA haine (O ódio). Mathieu Kassovitz, França, 1995.
GAME of thrones. Criação: David Benioff e D. B. Weiss. EUA, 2011-2016.
1.3. DVD:
TÍTULO. Autor e indicação de responsabilidade relevantes (diretor, produtor, realizador, roteirista e outros). Coordenação (se houver). Local: Produtora e distribuidora, data. Descrição física: duração em minutos, zona, sistema. Notas especiais.
Exemplos:
ANDARILHO. Direção: Cao Guimarães. Música: O grivo. Brasil, 2007, colorido, 80min. DVD, São Luiz/MA: Lume Filmes, colorido, 80 min, NTSC, 2007.
1.4. Filme do sistema digital (Youtube e outros):
TÍTULO. Autor e indicação de responsabilidade relevantes (diretor, produtor, realizador, roteirista e outros). Coordenação (se houver). Local: Produtora e distribuidora, data. Descrição física: duração em minutos, sistema. Endereço eletrônico e data do último acesso.
Exemplo:
LAVRA dor. Direção: Paulo Ruffino. Brasil, 1968, 11min. https://vimeo.com/79987217. Último acesso 21/11/2016.
2. Discos:
AUTOR (compositor, executor, intérprete). Título. Direção artística (se houver). Local: Gravadora, número de rotações por minuto, sulco ou digital, número de canais sonoros. Número do disco.
Exemplo:
VASCONCELOS, N. Africadeus. França: Mantra, 1973. 1 disco (37:45 min.). 369043239400.

Ética
Cabe ao autor a obtenção da aprovação de comitês éticos em artigos que envolvam pesquisas com seres humanos.

Condições para submissão

As contribuições devem ser originais e inéditas e não podem estar em processo de avaliação em outro periódico ou publicação de qualquer natureza. Os autores devem verificar se o texto submetido está em conformidade com as normas de submissão. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

Declaração de Direito Autoral

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  1. Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista para fins não comerciais.
  2. Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços dos autores de textos à revista serão utilizados exclusivamente para as finalidades desta publicação, não sendo disponibilizados para terceiros.