Religião é o tema da Moda

Coluna de Moda, por Isabor Cavalcante

Rihanna

 

Gente!!! Vocês já ouviram falar sobre o Baile do MET ou MET Gala!? Não?? Mas pelo menos essa foto da Rihanna acho que sim, pois ela repercutiu muito, viralizou… Foi uma noite de looks extravagantes com a temática de trajes da igreja católica. Mas o que é esse baile? Para que serve?  Vamos saber agora!

Um dos grandes eventos fashionistas do ano tem nome “Baile do MET” ou, oficialmente,  “Metropolitan Museum of Art Costume Institute Benefit”. Traduzindo ao  português, “Evento Beneficente do Instituto de Vestuário do Museu de Arte Metropolitana”. Ele tem o objetivo de levantar fundos para Instituto de vestuário, algo como o departamento de moda do museu, que ocorreu no dia 07 de maio em Nova York, Estados Unidos.

O evento tem uma temática que muda todo ano. Esses temas são escolhidos pela Costume Institute que faz exposição na noite do MET. E o Tema desse ano foi “Heavenly Bodies: Fashion an the Catholic Imagination”, que traduzindo, significa “Corpos Celestiais: Moda e a Imaginação Católica”. Simmmm, isso mesmo que você leu! E ainda conta com roupas dos Papas que o Vaticano cedeu! Quem disse que moda e religião não se misturam??

Foi com esse tema que as celebridades e estilistas abusaram da criatividade e inovação para se destacar nesse evento tão aguardado por todos do mundo da moda. Umas das anfitriãs do evento foi a cantora Rihanna e entre outras convidadas, está nossa brasileira, a top model  Gisele Bündchen, Beyoncé, Madonna e as irmãs Kardashian.

Nossa! Que evento!!! Ficou com vontade de ir? Eu também, mas não é para qualquer um não.

Primeiramente você precisa desembolsar 30 mil dólares para comprar seu convite ou uma mesa que custa 275 mil dólares. Todo dinheiro arrecadado vai para o Costume Institute. O evento e a exposição são 100% patrocinados.

Além de pagar essa mini fortuna, você não pode chamar quem quiser, precisa ser convidado ou passar pela aprovação do seleto gosto da editora de moda Anna Wintour, principal anfitrã do MET GALA.

E o que acontece nesse evento milionário? Ninguém sabe direito, uma vez que é proibido filmar, tirar foto ou relatar qualquer coisa que ocorra dentro do evento. E as pessoas respeitam, com medo de não serem chamadas no ano seguinte. O que se sabe sobre os convidados é que além de visitar a exposição de primeira mão, ocorre a festa com shows e um jantar.

Confira a seguir os look mais ousados do Baile do MET.

Ariana Grande/Katy Perry/ Sarah Paker/ Winnie Harlow

 

/Jennifer Lopez/ Cardi B

Kim Kardashian/ Solange Knowles/ Blake Lively

  

Selena Gomes /Alessandro Michele/ Kris Jenner

  

Madonna/ Lena Waithe/ Gisele Bundchen

 

                                              Os mais bem vestidos da semana na Faculdade

       

 

                                         Ianca Souza – cursa 6° período de Engenharia Civil

No look bem “menininha”, ela vem com uma saia rodada de borboleta, regata preta básica dando a impressão que a composição é vestido, o que diferencia é o cinto marrom grosso.

A fivela de laço preto no cabelo deixa o ar romântico. Mochila, squeeze e sandália de dedo para a correria e praticidade da faculdade.

                                            Lindivan Vilaça – cursa 8° de Jornalismo

Ele vem com uma blusa social de manga curta no tom de azul marinho clássica, bermuda branca. A sandália de couro deixa a composição mais leve e verão.  Bolsa de lado já identificamos que é um jornalista rs.

Corte de cabelo by Luan Santana.

 

 

FICA A DICAAA…  Cintas Modeladoras

 

Toda mulher já teve ou tem uma cinta no guarda-roupa, isso é fato!

Antigamente usava se os espartilhos para modelar e comprimir a silhueta, hoje em dia é utilizado a cinta modeladora e virou  febre o uso.

Vamos conhecer melhor sobre…

O acessório conhecido por auxiliar gestantes no período pós-parto ganhou novas adeptas nos últimos anos, que influenciaram centenas de mulheres em busca de uma cintura fina – sem muito esforço. Foi neste contexto que a cinta modeladora surgiu repaginada, com novas cores e modelos. O maior atrativo é a promessa de reduzir medidas, sem a necessidade de cirurgia plástica.

Mulheres famosas como as irmãs Kardashians já provaram que a cinta é capaz de remodelar a área abdominal e corrigir a postura. “O uso das cintas modeladoras é eficiente para melhorar a silhueta e, principalmente, para evitar marcas no corpo. Especialmente aquelas causadas pelo uso de roupas apertadas, como a calça jeans de cintura baixa, que deformam o corpo da mulher”, diz o cirurgião plástico Alexandre Mansur.

Uso diário da cinta modeladora

Após a gestação, há um estiramento da musculatura do abdome. Mas a barriga pode voltar ao que era antes se a mulher não abrir mão do uso da cinta modeladora diariamente. “Pelo menos durante seis meses, 24 horas por dia, para ajudar esse retorno da parede abdominal à normalidade”, explica Mansur. No que se refere a 24 horas, quer dizer até dormir com a cinta e só retirá-la para tomar banho.

O uso diário também é recomendado para quem não teve filhos, mas que deseja afinar a cintura e remodelar toda a área abdominal Quando usada regularmente, o acessório garante bons resultados.

A recomendação é que a cinta seja utilizada de 4 a 8 horas diárias – para ir à academia ou até mesmo dormir. “No primeiro dia, o indicado é vestir a cinta por apenas quatro horas, já que ela pode trazer um pequeno desconforto até a pessoa se acostumar”, pondera Gabriela.

Boa postura

A cinta modeladora também contribui para corrigir a postura, evitando dores nas costas em consequência do mau alinhamento da coluna. Além de  proporcionar uma aparência mais imponente.

“Devido à composição do produto, feito com barbatanas de aço flexíveis que ajudam a corrigir a postura, usar cinta modeladora deixa as mulheres mais confiantes, mais esbeltas, além de delinear cada curva e valorizar cada desenho de corpo”.

Na hora da malhação

Há controvérsias sobre o uso da cinta modeladora na hora de fazer exercícios físicos. É claro que, sozinha, ela não faz milagres. Sua utilização deve ser combinada com dietas balanceadas, ingestão de muita água e prática de atividades aeróbicas. “Em um segundo momento, pode-se associar a essa rotina as massagem modeladoras e drenagens linfáticas”, conta o cirurgião plástico.

O médico reitera que é permitido fazer exercícios físicos com as cintas modeladoras, desde que elas não sejam muito apertadas para não prender a circulação.

“O uso das cintas não pode ser algo desconfortável, no máximo gerar um leve incômodo inicial que pode estar relacionado à correção da postura”, afirma o médico, ressaltando que as cintas não substituem as cirurgias plásticas de contorno corporal, principalmente a lipoescultura.

Fonte: Revista da mulher

 

 

 

 

 

One thought on “Religião é o tema da Moda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *