Quarta-feira com sabor de tacacá

No ano de 2005, surgiu um projeto musical que anima até os dias de hoje, às quartas-feiras, no Centro de Manaus, o Tacacá na Bossa. Uma vitrine de artistas locais, sendo um dos principais divulgadores do trabalho que os artistas amazonenses desenvolvem. Os shows acontecem no Largo de São Sebastião, onde se respira um pouco da Cultura e da História do Amazonas, ambiente ideal para um bom apreciador da cultura amazônica, ou não seria perfeito tomar uma iguaria, ouvindo música regional de qualidade de frente para o glorioso Teatro Amazonas?

Segundo a Secretaria de Cultura do Estado (SEC), o Tacacá na Bossa foi criado para ocupar a quarta-feira na programação da Secretaria, que possui várias atividades durante a semana no Largo de São Sebastião e apenas às quartas não possuía programação fixa. Ideia que deu certo e com o passar dos anos foi reformulada, se tornando o projeto um sucesso local. É difícil encontrar um artista daqui que não tenha se apresentado nele, independente do gênero.

Os ritmos são variados : Jazz, Bossa nova, Toadas, MPB, todos interpretados por nossos artistas. Entre os nomes que sempre estão se apresentando por lá estão Nicolas Jr., Cileno, Márcia Siqueira, Manoel Passos, Lucilene Castro e Zezinho Correa. Nomes nacionais também já passaram pelo Tacacá como Ed Motta, Duofel e Duo Damas.

O retorno do projeto em 2018 ocorreu na última quarta-feira, 4 de abril, com a participação expressiva do grupo Raízes Caboclas. Passou pelo palco também os artistas Higor Filho, Moady Braga, Rubens Bindá, DjuenaTikuna e o saxofonista Aurimazinho Ribeiro. A dança também marcou presença, e lá estavam a Escola de dança Casa de Isis, Coreógrafa e bailarina Mais e Ribeiro e Cia de dança Bell Dance Jungle.

O evento acontece todas as quartas-feiras, no Largo de São Sebastião, às 19h, com livre acesso. O projeto é realização pelo Tacacá da Gisela, com apoio da SEC, Casa do Pensador, Magistral, Menezes Promoções, Zanardini Rodrigues Lutheria e Tambaqui de Banda.

Os artistas amazonenses precisam de valorização regional por parte da sociedade e do governo. O Tacacá na Bossa contribui significantemente para o reconhecimento desses artistas. E aí, que tal experimentar uma quarta-feira com sabor de tacacá?

 

Imagem e Texto: Rodrigo Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *