Proposta de reutilização de banners virou exposição de arte no curso de Administração

O Centro Universitário do Norte (Uninorte Laureate) deu início à primeira exposição de banners recicláveis, no último dia do mês de outubro. O evento foi promovido por alunos, professores e a coordenação do curso de Administração, em prol do programa “Global Days of Service”. A atividade seguiu até o dia 03 de novembro, das 19h às 22h10, no hall do terceiro andar da Unidade 6, localizada na Avenida Joaquim Nabuco, Centro da cidade, na zona Sul.

Tendo como atividade de encerramento do Global Days, o projeto de reciclagem surgiu de uma ideia da coordenadora do curso administração, Maria Leônia Alves em parceria com a artista Eliana Chaves. De acordo com a coordenadora, ela já havia guardado mais de cem banners de trabalhos acadêmicos no decorrer do ano e não sabia como reutilizá-los.

“Eu ficava pensando em como aproveitar esses banners, inicialmente pensei em bolsas, puffs ou algo artesanal, até que em uma conversa com a Eliana surgiu à ideia de tirar a arte dos trabalhos acadêmicos e transformar em telas para pinturas. Foi quando ela sugeriu convidar um amigo que é artista grafiteiro e como eu gosto dessas artes de rua, achei a proposta legal e convidamos o Flávio Mores. E aí quando ele veio a Uninorte ver os banners, a artista Nadja Kristhina veio junto”, ressaltou Leônia.

Os alunos do curso contribuíram para a produção das artes, providenciando os materiais necessários como: Spray, máscaras de proteção e tintas, além de um local adequado para os artistas trabalharem.  O desafio era o reaproveitamento de cem banners com propostas artísticas. De acordo com a artista plástica Eliana Chaves que é especialista em mosaicos, contou que uma das artes mais chamativas ao público, foi a que ela menos esperou produzir.

“Caminhando sobre as Nuvens foi meio por acaso, pois meu crocs (calçado) sujou de tinta durante o processo de produção das telas. Resolvi então pintar um arco íris nele. Gostei tanto do resultado que decidi colocá-lo na exposição, mas para isso ele teria que está no banner, então decidi colocar o título à arte. Foi o mais legal de todos na minha opinião, pois eu estava muito feliz com o resultado dos meus trabalhos, eu estava pisando em nuvens”, explicou Eliana.

A artista ressaltou ainda sobre a importância da reciclagem e contou como sempre esteve nesse meio. “Desde que cheguei a Manaus, me deparei com a cidade de mais de dois milhões de habitantes que não recicla seu lixo. Isso me impactou tanto que desde então minha arte se expressa através  de materiais que iriam pro lixo. Os banners levam cerca de 400 anos  pra se decompor do meio  ambiente e é um produto que tem vida útil muito curta, um verdadeiro desastre pro meio ambiente. Isso pede soluções criativas e urgentes que reaproveitem esse material com eficiência e principalmente sustentabilidade.

Após a exposição das artes, os artistas envolvidos foram encaminhados a Empresa Júnior do Uninorte, com o objetivo de elaborar novos projetos de reciclagem e agregar valor ao meio ambiente.

Confira a galeria

 

Por Aline Tribuzy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *