Assessora do Inpa fala aos acadêmicos sobre Jornalismo Científico

Fernanda Kathariny do Nascimento Farias, assessora de comunicação do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), participou como convidada especial na aula de Jornalismo Especializado, ministrado pela professora da Uninorte, Jônia Quédma. A contribuição aconteceu na unidade 11, sala 11317, para os alunos do 4º período de Jornalismo na última sexta-feira (06).

Após uma apresentação de seminário, onde uma equipe defendia a especificidade do Jornalismo Científico, Fernanda Farias falou dos deveres do assessor como conhecer as atividades do órgão que representa, os projetos, as propostas e as ideias defendidas pela Instituição onde vai exercer a função.

Sobre seu trabalho de assessora de comunicação no INPA, Fernanda  ainda falou sobre a rotina diária, reiterando que também é preciso elaborar estratégias de comunicação e sugerir pautas noticiáveis para a mídia. Ao falar das publicações do Inpa nos veículos de comunicação, a assessora destacou que o maior interesse sobre os projetos do Instituto vem da imprensa que não faz parte do Amazonas, chegando até à redações internacionais.

WhatsApp-Image-20160510A acadêmica Francisca dos Santos, após a abordagem do tema, disse que tirou várias dúvidas sobre jornalismo científico. “Foi bastante motivador. Pude ter vários esclarecimentos sobre assessoria nesta área, na qual pretendo me especializar e atuar. Me chamou muita atenção as pesquisas, a interação do jornalista com a equipe de pesquisadores. E, aqui no Amazonas, há muita coisa para ser descoberta”, declarou a aluna.

Por possuir um núcleo de comunicação, o Inpa chamou a atenção da aluna Karinne Feitosa. “Sempre visitei o INPA e achei interessante que o Instituto possua este núcleo formado por jornalistas, designes, relações públicas. Isso dá grande peso para o órgão”, disse, declarando que mesmo não se identificando com a área, acredita ser desafiador trabalhar questões de grande relevância para a sociedade.

Dica da egressa

Fernanda Farias é formada em Jornalismo pela Uninorte Laureate. E traz aos leitores do Dialog, três dicas para quem deseja atuar no jornalismo científico. Confira o vídeo:

Por Leonardo Dias (Texto, Foto e Vídeo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *